ESTIMATION OF REFERENCE EVAPOTRANSPIRATION FOR COFFEE IRRIGATION MANAGEMENT IN A PRODUCUTIVE REGION OF MINAS GERAIS CERRADO

Authors

  • André Luís Teixeira Fernandes UNIUBE
  • Rafaella Esthefania Cardoso Gomes Mengua
  • Giovani Luiz de Melo Vale Fertilizantes
  • Leonardo Campos de Assis Universidade de Uberaba

Keywords:

Climatic elements, empirical equations, FAO Penman-Monteith, Irrigation, Cerrado.

Abstract

Evapotranspiration (evaporation and transpiration) represents vegetated soil water loss to the atmosphere, can be estimated by various empirical methods. The aim of this study was to evaluate the performance of methods of Blaney-Criddle, Jensen-Haise, Linacre, Solar Radiation, Hargreaves-Samani, Makkink, Thornthwaite, Camargo, Priestley-Taylor and Penman in the estimation of potential evapotranspiration comparing to the standard method Penman-Monteith (FAO56) regarding the climatic conditions of the city of Araxá, MG. A set of 35 years of monthly data (1976 to 2010) was used, working with the climatic elements: temperature, relative humidity, wind speed and insolation.  The empirical methods to estimate reference evapotranspiration were compared with the standard method using linear regression, simple statistical analysis, Willmott agreement index (d) and performance index (c). The method of Makkink showed the best performance according to the set of parameters evaluated and it is recommended to calculate ETo in Cerrado of Minas Gerais.

Author Biography

André Luís Teixeira Fernandes, UNIUBE

André Luís Teixeira Fernandes é engenheiro agrônomo, formado na ESALQ/USP, turma de 1993, concluiu o mestrado em 1996 na mesma instituição, área de concentração Irrigação e Drenagem e concluiu o doutorado em Engenharia Agrícola pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) em 2001. Atualmente é Pró Reitor de Pesquisa, Pós Graduação e Extensão da Universidade de Uberaba (UNIUBE). É professor permanente dos programas de Mestrado Profissional em Engenharia Química (UNIUBE) e Produção Vegetal (IFTM). Publicou vários artigos em periódicos especializados e mais de 300 trabalhos em anais de eventos. Possui vários livros e capítulos de livros publicados e vários livros organizados. Participou de vários eventos no exterior e no Brasil. É membro da comissão organizadora da Fenicafé, evento realizado em Araguari - MG, no primeiro semestre de cada ano e do Congresso Brasileiro de Pesquisas Cafeeiras, evento itinerante, realizado no segundo semestre de cada ano. Orientou dezenas de trabalhos de iniciação científica, mestrado e doutorado (co-orientador), vários trabalhos de conclusão de curso nas áreas de engenharia agrícola e agronomia. Atualmente, participa de 05 projetos de pesquisa, sendo que coordena 02 destes. Atua na área de Engenharia Agrícola, com ênfase em Irrigação e Drenagem. Em suas atividades profissionais, interagiu com mais de 200 colaboradores em co-autorias de trabalhos científicos. Atualmente é membro do Conselho Diretor da Associação Brasileira de Irrigação e Drenagem (ABID), membro titular do Conselho Estadual de Recursos Hídricos, membro do Conselho Diretor do Instituto de Estudos Avançados em Veterinária José Caetano, membro do Conselho Curador da Fundação Nacional de Desenvolvimento do Ensino Superior Particular - FUNADESP e membro do Conselho Universitário da Universidade de Uberaba. Ocupa, desde 2017, o cargo de Presidente da Associação Brasileira de Engenharia Agrícola (SBEA).

References

ALENCAR, L. P. et al. Comparação de diferentes métodos de estimativa diária da evapotranspiração de referência para a região de Uberaba. Revista Brasileirade Ciencias Agrarias, v. 6, n. 2, p. 337–343, 2011a.

ALENCAR, L. P. DE et al. Avaliação de métodos de estimativa da evapotranspiração de referência para três localidades no norte de Minas Gerais. Egenharia na Agricultura, v. 19, n. 5, p. 437–449, 2011b.

ALLEN, R. G. et al. Crop evapotranspiration - Guidelines for computing crop water requirements. Rome: [s.n.]. Disponível em: <https://appgeodb.nancy.inra.fr/biljou/pdf/Allen_FAO1998.pdf>.

ALVES SOBRINHO, T. et al. Estimative of the reference evapotranspiration by artificial neural. Revista Brasileira de Meteorologia, v. 26, n. 2, p. 197–203, 2011.

BEZERRA, B. G. et al. Evapotranspiração real obtida através da relação entre o coeficiente dual de cultura da FAO-56 e o NDVI. Revista Brasileira de Meteorologia, v. 25, n. 3, p. 404–414, 2010a.

BEZERRA, J. R. C. et al. Evapotranspiração e coeficiente de cultivo do algodoeiro BRS-200 Marrom, irrigado. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 14, n. 83, p. 625–632, 2010b.

BLANEY, H. F.; CRIDDLE, W. D. Determining water requirements in irrigated areas from climatological and irrigation data. Washington D.C.: [s.n.].

BORGES, A. C.; MENDIONDO, E. M. Comparação entre equações empíricas para estimativa da evapotranspiração de referência na Bacia do Rio Jacupiranga. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 11, n. 3, p. 293–300, 2007.

CASTRO, F. D. S. et al. Avaliação do desempenho dos diferentes métodos de interpoladores para parâmetros do balanço hídrico climatológico. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 14, n. 8, p. 871–880, 2010.

DOORENBOS, J.; PRUITT, W. O. Guidelines for predicting crop water requirements. FAO Irrigation and Drainage Paper, v. 24, p. 144, 1977.

ESTEVES, B. D. S. et al. Avaliação do Kt para estimativa da evapotranspiração de referência (ETo) em Campos dos Goytacazes, RJ. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 14, n. 3, p. 274–278, 2010.

FERNANDES, A. L. T. et al. A moderna cafeicultura dos cerrados brasileiros. Pesquisa Agropecuária Tropical, v. 42, n. 2, p. 231–240, 2012.

FERNANDES, A. L. T.; JÚNIOR, E. F. F.; TAKAY, B. Y. Avaliação do método Penman-Piche para a estimativa da evapotranspiração de referência em Uberaba , MG 1 Evaluation of Penman-Piche method to estimate reference evapotranspiration in Uberaba , MG. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, n. 19, p. 270–276, 2011.

FREVERT, D. K.; HILL, R. W.; BRAATEN, B. C. Closure to “Estimation of FAO Evapotranspiration Coefficients” by Donald K. Frevert, Robert W. Hill, and Bruce C. Braaten (June, 1983). Journal of Irrigation and Drainage Engineering, v. 110, n. 2, p. 259–259, 1984.

LEVIDOW, L. et al. Improving water-efficient irrigation: Prospects and difficulties of innovative practices. Agricultural Water Management, v. 146, p. 84–94, 2014.

MELO, G. L. DE; FERNANDES, A. L. T. Evaluation of empirical methods to estimate reference evapotranspiration in Uberaba, State of Minas Gerais, Brazil. Engenharia Agrícola, v. 32, n. 5, p. 875–888, 2012.

PEREIRA, D. DOS R. et al. Desempenho de métodos de estimativa da evapotranspiração de referência para a região da Serra da Mantiqueira, MG. Ciência Rural, v. 39, n. 9, p. 2488–2493, 2009.

PRIESTLEY, C. H. B.; TAYLOR, R. J. On the Assessment of Surface Heat Flux and Evaporation Using Large-Scale Parameters. Monthly Weather Review, v. 100, n. 2, p. 81–92, 1972.

SÁ JÚNIOR, A. DE. Aplicação da classificação de Köppen para o zoneamento climático do Estado de Minas Gerais. Lavras-MG: Universidade Federal de Lavras, 2009.

SERRAT-CAPDEVILA, A. et al. Estimating evapotranspiration under warmer climates: Insights from a semi-arid riparian system. Journal of Hydrology, v. 399, n. 1–2, p. 1–11, 2011.

SHIRI, J. Evaluation of FAO56-PM, empirical, semi-empirical and gene expression programming approaches for estimating daily reference evapotranspiration in hyper-arid regions of Iran. Agricultural Water Management, v. 188, p. 101–114, 2017.

SOUZA, I. F. et al. Evapotranspiração de referência nos perímetros irrigados do Estado de Sergipe. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 14, n. 6, p. 633–644, 2010.

SUN, Z. et al. Development of a Simple Remote Sensing EvapoTranspiration model (Sim-ReSET): Algorithm and model test. Journal of Hydrology, v. 376, n. 3–4, p. 476–485, 2009.

SYPERRECK, V. L. G. et al. Avaliação de desempenho de métodos para estimativas de evapotranspiração de referência para a região de Palotina, Estado do Paraná. Acta Scientiarum - Agronomy, v. 30, n. 5 SUPPL, p. 603–609, 2008.

TABARI, H.; GRISMER, M. E.; TRAJKOVIC, S. Comparative analysis of 31 reference evapotranspiration methods under humid conditions. Irrigation Science, v. 31, n. 2, p. 107–117, 2013.

THORNTHWAITE, C. W. An Approach toward a Rational Classification of Climate. Geographical Review, v. 38, n. 1, p. 55, 1948.

VESCOVE, H. V.; TURCO, T. E. P. Comparação de três métodos de estimativa da evapotranspiração de referência para a região de Araraquara - SP. Engenharia Agrícola, v. 25, n. 3, p. 713–721, 2005.

ZHAO, L. et al. Evapotranspiration estimation methods in hydrological models. Journal of Geographical Sciences, v. 23, n. 2, p. 359–369, 2013

Downloads

Published

2018-12-19

How to Cite

FERNANDES, A. L. T.; MENGUA, R. E. C. G.; DE MELO, G. L.; DE ASSIS, L. C. ESTIMATION OF REFERENCE EVAPOTRANSPIRATION FOR COFFEE IRRIGATION MANAGEMENT IN A PRODUCUTIVE REGION OF MINAS GERAIS CERRADO. Coffee Science - ISSN 1984-3909, [S. l.], v. 13, n. 4, p. 426–438, 2018. Disponível em: https://coffeescience.ufla.br/index.php/Coffeescience/article/view/1463. Acesso em: 16 apr. 2024.

Issue

Section

Articles