Efect of draft an Meloidogyne exigua (Nemata) infestation on coffee's root growth an yield

Authors

  • Dimmy Herllen Silveira Gomes Barbosa Embrapa Mandioca e Fruticultura
  • Henrique Duarte Vieira Professor Associado do Laboratório de Fitotecnia/ Centro de Ciências Agrárias/ Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro
  • Weverton Pereira Rodrigues Doutorando em Produção Vegetal/ Centro de Ciências Agrárias/ Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro
  • Júlio Cézar Rodrigues Filho Laboratório de Fitotecnia/ Centro de Ciências Agrárias/ Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro
  • Deborah Guerra Barroso Professor Associado do Laboratório de Fitotecnia/ Centro de Ciências Agrárias/ Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro
  • Thiago Rodrigues da Conceição Silva Doutorando em Produção Vegetal/ Centro de Ciências Agrárias/ Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro

Keywords:

Root-knot nematode, Coffea, production

Abstract

The State of Rio de Janeiro was once the main coffee producer in Brazil, but the infestation of nematodes (Meloidogyne exigua) has caused the production decline since the nineteenth century. The use of resistant cultivars is the main measure nematode control, and the resistant genotypes can be used both grafted or not. Coffea canephora is nematode resistant and it has a more developed root system compared to C. arabica. In this study, we evaluated the root development and yield of different cultivars of C. arabica grafted (on Apoatã IAC 2258) or not, established in areas infested (CN) by, or free (SN) of M. exigua. The genotypes in the CN area had shorter roots than those in the SN area. The not-grafted Tupi and Catuai red 144 showed thicker roots in the CN area, but they were the thinner when grafted. In the CN area the average yield of six seasons for not-grafted susceptible genotypes was up to 55% less than of those genotypes grafted on IAC Apoatã 2258. In the SN area the grafted genotypes produced 41.2% less than the not-grafted ones.

 

Author Biographies

Dimmy Herllen Silveira Gomes Barbosa, Embrapa Mandioca e Fruticultura

Engenheiro Agrônomo, D.Sc; Pesquisador A da Embrapa Mandioca e Fruticultura; atua na área de Nematologia.

Henrique Duarte Vieira, Professor Associado do Laboratório de Fitotecnia/ Centro de Ciências Agrárias/ Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro

Engenheiro Agrônomo, D.Sc., Professor Associado do Laboratório de  Fitotecnia/ Centro de Ciências Agrárias/ Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro

Weverton Pereira Rodrigues, Doutorando em Produção Vegetal/ Centro de Ciências Agrárias/ Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro

Engenheiro Agrônomo, doutorando em Produção Vegetal/ Centro de Ciências Agrárias/ Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro

Júlio Cézar Rodrigues Filho, Laboratório de Fitotecnia/ Centro de Ciências Agrárias/ Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro

Engenheiro Agrônomo/ Centro de Ciências Agrárias/ Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro

Deborah Guerra Barroso, Professor Associado do Laboratório de Fitotecnia/ Centro de Ciências Agrárias/ Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro

Engenheira Agrônoma, Professor Associado do Laboratório de  Fitotecnia/ Centro de Ciências Agrárias/ Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro

Thiago Rodrigues da Conceição Silva, Doutorando em Produção Vegetal/ Centro de Ciências Agrárias/ Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro

Engenheiro Agrônomo, Doutorando em Produção Vegetal/ Centro de Ciências Agrárias/ Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro

References

BARBOSA, D. H. S. G. et al. Estimativas a campo de perdas de produção e níveis de dano em lavouras cafeeiras afetadas por Meloidogyne exigua. Nematologia Brasileira, Piracicaba, v. 28, n. 1, p. 49-54, 2004.

BARBOSA, D. H. S. G. et al. Desenvolvimento vegetativo e reação de genótipos de Coffea spp. a uma população de Meloidogyne exigua virulenta a cultivares resistentes. Nematologia Brasileira, Piracicaba, v. 31, n. 1, p. 01-06, 2007.

CAMPOS, V. P. ; VILLAIN, L. Nematode Parasites of Coffee and Cocoa. In: LUC, M.; SIKORA, R. A.; BRIDGE, J. (Org.). Plant Parasitic Nematodes in Subtropical and Tropical Agriculture. 2nd ed. London: CAB International, 2005. cap. 14, p. 529-579.

COSTA, W. M. DA; GONÇALVES, W.; FAZUOLI, L. C. Produção do café Mundo Novo em porta-enxertos de Coffea canephora em área infestada com Meloidogyne incognita raça 1. Nematologia Brasileira, Piracicaba, v. 15, n. 1, p. 43-50, 1991.

DAMATTA, F. M. et al. Ecophysiology of coffee growth and production: review. Braz. J. Plant Physiol., 19(4):485-510, 2007.

DIAS, F. P. et al. Produção de cafeeiros Coffea arabica L. pés francos, auto-enxertados e enxertados em Apoatã IAC 2258. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 33, n. 2, p. 484-487, 2009.

EMBRAPA. Centro Nacional de Pesquisa de Solos. Sistema brasileiro de classificação de solos. 2.ed. Rio de Janeiro: Embrapa Solos, 2006. 306p.

FAHL, J. I. et al. Enxertia de Coffea arabica sobre Coffea canephora e Coffea congensis na nutrição mineral, crescimento e produção. Bragantia, Campinas, v. 57, n. 2, p.297-312, 1998.

FERREIRA, D. F. Sisvar versão 4.6. Lavras: DEX/UFLA, 2004. 32p.

FREITAS, T. A. S. et al. Desempenho radicular de mudas de eucalipto produzidas em diferentes recipientes e substratos. Revista Árvore, Viçosa, v. 29, p. 853-861, 2005.

MATA, J. S. da et. Al. Resistência de genótipos de cafeeiro (Coffea arabica L.) de São Jorge do Patrocínio ao nematoide Meloidogyne paranaensis (EMN2001.07). SBPN Scientific Journal (Ed. Especial), São Paulo, v. 6, p. 34-36, 2002.

MATIELLO, J. B., SANTINATO, R., GARCIA, A. W. R., ALMEIDA, S. R., FERNANDES, D. R. Cultura de café no Brasil: manual de recomendações. Varginha: Fundação Procafe, 2010. 546p.

PARTELLI, F. L. et al. Produção e desenvolvimento radicular de plantas de café 'Conilon' propagadas por sementes e por estacas. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 41, n. 6, p. 949-954, 2006.

PRADO, R. de M.; NATALE, W. Calagem na nutrição de cálcio e no desenvolvimento do sistema radicular de goiabeira. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 39, p. 1007-1012, 2004.

RENA, A. B.; GUIMARÃES, P. T. G. Sistema radicular do cafeeiro: estrutura, distribuição, atividade e fatores que o influenciam. Belo Horizonte: Epamig, 2000. 80p.

ROSELEM, C. A. et al. Dinâmica do nitrogênio no solo em razão da calagem e adubação nitrogenada, com palha na superfície. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 38, p. 301-309, 2003.

SALGADO et al. Reprodução de Meloidogyne exigua em cultivares de cafeeiros resistentes e suscetíveis. Fitopatologia Brasileira, Brasília, v. 30, n.4, 2005.

SERA, G. H. et al. Porta-enxertos de café robusta resistentes aos nematóides Meloidogyne paranaensis e M. incognita raças 1 e 2. Semina, Londrina, v. 27, n. 2, p. 171-184, 2006.

SOARES, A. R. et al. Produção e distribuição de raízes em cafeeiros irrigados por gotejamento. Engenharia na Agricultura, Viçosa, MG, v.15, n.2, p.130-140, 2007.

TOMAZ, M. A. et al. Porta-enxertos afetando o crescimento e a produção de plantas de Coffea arabica L. Revista de Ciências Agrárias, Lisboa, v.34, n.1, jan./jun. 2011.

TOMAZ, M. A. et al. Porta-enxertos afetando o desenvolvimento de plantas de Coffea arabica L. Ciência Rural, Santa Maria, v. 35, n. 3, p. 570-575, 2005.

Published

2014-10-08

How to Cite

BARBOSA, D. H. S. G.; VIEIRA, H. D.; RODRIGUES, W. P.; FILHO, J. C. R.; BARROSO, D. G.; SILVA, T. R. da C. Efect of draft an Meloidogyne exigua (Nemata) infestation on coffee’s root growth an yield. Coffee Science - ISSN 1984-3909, [S. l.], v. 9, n. 4, p. 427–434, 2014. Disponível em: https://coffeescience.ufla.br/index.php/Coffeescience/article/view/694. Acesso em: 16 apr. 2024.

Issue

Section

Articles