ECONOMIC VIABILITY OF ARABICA COFFEE IN THE STATE OF ESPÍRITO SANTO CONSIDERING MANUAL AND SEMI-MECHANIZED HARVEST

EDILEUZA VITAL GALEANO, Cesar Abel Krohling

Abstract


 Recent studies have shown that coffee production costs have been rising above inflation and that the activity has become less attractive to producers. One of the ways to try reducing costs is through the mechanization of activities. The objective of this study was to evaluate the production cost and economic viability of arabica coffee in the state of Espírito Santo, comparing manual and semi-mechanized harvest to different yield levels. For the feasibility analysis, the techniques of Net Present Value and Internal Rate of Return were used and the sensitivity analysis was used for risk assessment.  The results show advantages of semi-mechanized harvest. At the level of 50 bags per hectare, the activity was profitable considering the interest rate of 8%. In manual harvesting, the IRR is 8.3% and, in the semi-mechanized harvest, the IRR is 16%.  Producers must invest in higher yield levels with new technologies and mechanization to have greater return in the activity. 


Keywords


productivity; mechanization; return

Full Text:

PDF

References


AMARASINGHE, U. A.; et. al. Toward sustainable coffee production in Vietnam: More coffee with less water. Agricultural Systems. v.136, p.96–105, 2015.

APARECIDO, L. E. O.; ROLIM, G. S.; SOUZA, P. S. Sensitivity of newly transplanted coffee plants to climatic conditions at altitudes of Minas Gerais, Brazil. Australian Journal of Crop Science, Queensland, v. 9, n. 2, p. 160-167, 2015.

APARECIDO, L. E. O. et. al. Agrometeorological Models for Forecasting Coffee Yield, Agronomy Journal, Madison, v.108, n.6, 2016.

ASSAF NETO, A.; LIMA, F. G. Curso de Administração Financeira.3. ed. São Paulo: Atlas, 2014.

BARBOSA, J. N. et. al. Coffee quality and its interactions with environmental factors in Minas Gerais, Brazil. Journal of Agricultural Science, Alberta, v. 4, n. 5, p. 181-190, 2012.

CÁRDENAS, E. L. M. et al. Development of a new striker for a portable coffee harvesting tool. Revista da Faculdade Nacional de Agronomia de Medellín, Medellín, v. 66, n. 2, p. 7071-7083, 2013.

CÁRDENAS, E. L. M.; TASCÓN, C. E. O.; MEJÍA, F. A. A portable device to assist in the harvest of coffee in Colombia. Revista da Faculdade Nacional de Agronomia de Medellín, Medellín, v. 68, n. 1, p. 7471-7479, 2015.

CARNIELLI, H. P.; SANTOS, J. G.; RAPOSO FH, F. L. Valores de terra nua nas diferentes Regiões do estado do Espírito Santo. Vitória: Cedagro, 2017. Disponível em: Acesso em 20/02/2018.

CHIPANSHI, A. et al. Evaluation of the Integrated Canadian Crop Yield Forecaster (ICCYF) model for in-season prediction of crop yield across the Canadian agricultural landscape. Agricultural and Forest Meteorology. v.206, p.137–150. 2015.

COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO. Custos de produção agrícola: a metodologia da Conab. Brasília: Conab, 2010. Disponível em: Acesso em 20/02/2018.

COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO. A cultura do café: análise dos custos de produção e da rentabilidade nos anos safra 2008 a 2017. Compêndio de estudos CONAB v. 12, Brasília, 2017.

COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO. Série histórica das safras.

Disponível em: Acesso em: 15/01/2018.

CUNHA, J. P. B. et al. Análise técnica e econômica de diferentes sistemas de transplantio de café (Coffea arabica L.). Coffee Science, Lavras, v. 10, n. 3, p. 289 - 297, jul./set. 2015.

CUNHA, J. P. B. et al. G. Estudo técnico e econômico de diferentes operações mecanizadas na cafeicultura. Coffee Science, Lavras, v. 11, n. 1, p. 87 - 96, jan./mar. 2016a.

CUNHA, J. P. B. et al. Viabilidade técnica e econômica de diferentes sistemas de colheita do café. Coffee Science, Lavras, v. 11, n. 3, p. 416 - 425, jul./set. 2016b.

DAMATTA, F. M. et al. Ecophysiology of coffee growth and production. Brazilian Journal of Plant Physiology, Campos dos Goytacazes, v. 19, n. 04, p. 485-510, 2007.

FERNANDES, A. L. T. et al. Redução da adubação mineral do cafeeiro arábica com a utilização de palha de café. Coffee Science, Lavras, v. 8, n. 3, p. 324-336, jul./set. 2013.

FILHO, J. P.; GONZAGA, M. L. Análise de custos de lavouras irrigadas. In: Curso de agricultura irrigada. Piracicaba: ESALQ/Depto. de Agricultura, 1991. p.27-57.

FORTES, P. H. O. Custos de produção de café com relação ao tipo de produção: manual, semimecanizado e mecanizado. Monografia de conclusão de curso de agronomia. Universidade Federal de Lavras. 2017.

GALEANO, E. A. V. et al. Síntese da produção agropecuária do Espírito Santo 2014/2015. Vitória: Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural - Incaper, 2017 (Documento 247). Disponível em: . Acesso em 01/03/2018.

GALEANO, E. A. V. et al. O. Síntese da produção agropecuária do Espírito Santo 2016/2017. Vitória: Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural – Incaper. Documentos, 257, Vitória, ES: Incaper, 2018. Disponível em: Acesso em: 15/01/19.

GITMAN, L. J. Princípios de administração financeira. 10. ed. São Paulo: Pearson Addison Wesley, 2010. 800p.

IBGE. INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Grupo de Coordenação de Estatísticas Agropecuárias - GCEA/IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de Agropecuária, Levantamento Sistemático da Produção Agrícola, Vitória-ES, dezembro de 2018. Relatório de pesquisa.

______Produção Agrícola Municipal – PAM. Sistema IBGE de Recuperação Automática de dados – SIDRA, IBGE-PAM, 2000 a 2017 Disponível em: < http://www2.sidra.ibge.gov.br/bda/acervo/acervo9.asp?e=c&p=PA&z=t&o=11>. Acesso em: 29/03/2018.

JASPER, S. P.; SILVA, R. A. P. Estudo comparativo do custo operacional horário da mecanização agrícola utilizando duas metodologias para o estado de São Paulo. Nucleus, Ituverava, v. 10, n. 2, p. 119-126, 2013.

LANNA, G. B. M., REIS, R. P. Influência da mecanização da colheita na viabilidade econômico financeira da cafeicultura no sul de Minas Gerais. Coffee Science, Lavras, v. 7, n. 2, 2012.

MANKIW, N. G. Princípios de Microeconomia. 6. Ed. Cengage: São Paulo, 2014.

MATIELLO, J. B. et al. Cultura do café no Brasil: manual de recomendações. São Paulo: Faturama Editora, 2016.

MATIELLO, J. B. Custos da produção de café estão em alta. Folha técnica 407. Fundação Procafé. Disponível em: http://fundacaoprocafe.com.br/sites/default/files/publicacoes/pdf/folhas/Folha%20407%20-%20Custos%20de%20produ%C3%A7%C3%A3o%20de%20caf%C3%A9%20est%C3%A3o%20altos.pdf. Acesso em 20/03/2018.

MEJÍA, F. A.; TASCÓN, C. E. O.; URIBE, J. R. S. Evaluation of mechanical beaters in coffee harvesting. Revista da Faculdade Nacional de Agronomia de Medellín, Medellín, v. 66, n. 1, p. 6919-6928, 2013.

MINISTÉRIO DO TRABALHO E DO EMPREGO – TEM. Relação Anual de Informações Sociais – RAIS. Disponível em: http://bi.mte.gov.br/bgcaged/inicial.php. Acesso em 27 nov. 2017.

OLIVEIRA, E.; SILVA, F. M.; SOUZA, Z. M.; FIGUEIREDO, C. A. P. Influência da colheita mecanizada na produção cafeeira. Ciência Rural, Santa Maria, v. 37, n. 5, 2007.

PIACENTINI, L. et al. Software para estimativa do custo operacional de máquinas agrícolas MAQCONTROL. Revista Engenharia Agrícola, Jaboticabal, v. 32, n. 3, p. 609-623, 2012.

PINTO, V.M.; REICHARDT, K.; DAM, J.V.; LIER, Q.J.V.; BRUNO, I.P.; DURIGON, A.; DOURADO-NETO, D.; BORTOLOTTO, R.P. Deep drainage modeling for a fertigated coffee plantation in the Brazilian savanna. Agricultural Water Management.v.148, p.130–140, 2015.

SANTINATO, F. et al. Análise quali-quantitativa da operação de colheita mecanizada de café em duas safras. Coffee Science, Lavras, v. 9, n. 4, p. 495 - 505, out./dez. 2014.

SANTINATO, F. et al . Mechanical harvesting of coffee in high slope. Rev. Caatinga, Mossoró, v. 29, n. 3, p. 685-691, set. 2016 .

SANTOS, G. J.; SEGATTI, S.; MARION, J. C. Administração de custos na agropecuária. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2009. 168 p.

SANTOS, V. E.; GOMES, M. T. M.; GOMES, M. F. M. Estimativa da elasticidade-renda do consumo de café na região sudeste do brasil. Revista de Economia e Agronegócio, Viçosa, v. 3, n. 4, p. 537-558, 2015.

SANTOS, R. V. M. et al. Pós-café: um sistema de apoio a decisão para o cálculo do custo da pós-colheita do café. Coffee Science, Lavras, v. 8, p. 439-449, 2013.

SANTOS, R. V. M.; VIEIRA, H. D.; BORÉM, F. M. Desenvolvimento de cenários utilizando um sistema de apoio à decisão para análise de custos da fase de pós-colheita do café. Coffee Science, Lavras, v. 10, n. 4, p. 445 - 454, o ut./dez. 2015.

SANTOS, R. V. M. et al. Estatística multivariada aplicada em dados de custos da fase de pós-colheita do café. Coffee Science, Lavras, v. 12, n. 2, p. 223 - 230, abr./jun. 2017.

SILVA, O. M. da; LEITE, C A. M. Competitividade e custo do café no Brasil e no exterior. In: ZAMBOLIN, L. (Ed.). Café: produtividade, qualidade e sustentabilidade. Viçosa, MG: UFV, p. 27-50. 2000.

SILVA, F. M. da et al. Viabilidade técnica e econômica da colheita mecanizada do café. Revista Visão Agrícola, Piracicaba, n. 13, p. 98-101, 2013.

SILVA, R. P. et al. Qualidade das operações de preparo reduzido do solo e transplantio mecanizado de mudas de café. Coffee Science, Lavras, v. 9, n. 1, p. 51-60, 2014.

SOUZA, G. S. et al. Colheita mecanizada de café conilon. In: FERRÃO et. al., Café Conilon. 2 ed. 2ª. Reimpressão, Vitória: Incaper, 2017.

TAVARES, T. O. et al. Qualidade do recolhimento mecanizado do café. Coffee Science, Lavras, v. 10, n.4, p. 455-463, 2015.




DOI: http://dx.doi.org/10.25186/cs.v14i2.1573

Refbacks

  • There are currently no refbacks.