COFFEE SILVERSKIN AND EXPIRED COFFEE POWDER USED AS ORGANIC FERTILIZERS

Ruan Carnier, Ronaldo Severiano Berton, Aline Renee Coscione, Adriana Marlene Moreno Pires, Jessica Zuanazzi Fioritti Corbo

Abstract


The coffee industry produces a wide range of organic wastes, some in large amounts, and most of them do not have a well-defined final disposal. The agricultural use of these wastes can be based on the recycling of nitrogen, but their chemical characterization and evaluation with soil under controlled conditions are mandatory. The aim of this work was to evaluate the use of coffee silverskin and expired coffee grounds as organic fertilizers. The wastes were chemically characterized according to CONAMA’S resolution No. 375 and passed through Brazil’s Agriculture Ministry regulation for organic fertilizers and soil conditioners. A greenhouse experiment with Rhodic Ferralsol soil and maize was performed to obtain the agronomic efficiency index (AEI) for nitrogen. The treatments were control (without residue), ammonium nitrate as a mineral reference, and both organic wastes, at a dose of 450 mg of Kjeldahl nitrogen per pot, in triplicate. The data obtained in the characterization were favorable to the wastes as nitrogen sources for agriculture. However, the AEIs obtained were low (0.5 and 7.9% for the expired coffee grounds and the coffee silverskin, respectively) compared to that of the mineral reference (92%). Based on these results, the use of coffee silverskin and expired grounds as organic fertilizers is not recommended but can improve soil attributes and serve as a complementary source of nitrogen and potash.

Keywords


Café, manejo, nutrição, solo

Full Text:

PDF

References


AMERICAN PUBLIC HEALTH ASSOCIATION (APHA). Standard Methods for the Examination of Water and Wastewater, 23rd Edn. Washington, DC: American Public Health Association, 2017.

BIONDI, C. M.; NASCIMENTO, C. W. A.; NETA, A. B. F.; RIBEIRO, M. R. Teores de Fe, Mn, Cu, e Co em solos de referência de Pernambuco. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Brasil, v. 35, p. 1057-1066, 2011.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Aprova os Métodos Analíticos Oficiais para Análise de Substratos e Condicionadores de Solos, na forma do Anexo à presente Instrução Normativa. Instrução Normativa n.17, de 21 de maio de 2007.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Aprovar as normas sobre as especificações e as garantias, as tolerâncias, o registro, a embalagem e a rotulagem dos fertilizantes orgânicos simples, mistos, compostos, organominerais e biofertilizantes destinados à agricultura, na forma dos Anexos à presente Instrução Normativa n. 25, de 23 de julho de 2009.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Dispõe sobre as concentrações máximas admitidas para agentes fitotóxicos, patogênicos ao homem, animais e plantas, metais pesados tóxicos, pragas e ervas daninhas em fertilizantes, corretivos, inoculantes e biofertilizantes. Instrução Normativa n.7, de 02 de maio de 2016.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Fica aprovada as normas sobre especificações e garantias, tolerâncias, registro, embalagem e rotulagem dos corretivos de acidez, de alcalinidade e de sodicidade e dos condicionadores de solo, destinados à agricultura, na forma do Anexo a esta Instrução Normativa. Instrução Normativa n.35, de 12 de julho de 2006.

BREMNER, J. M. Nitrogen total: In: SPARKS, D. L.; PAGE, A. L.; HELMKE, P. A.; LOEPPERT, R. H.; SOLTANPOUR, P. N.; TABATAI, M. A.; JOHNSTON, C. T.; SUMNER, M. E., eds. Methods of analysis. Part 3. Chemical methods. Madison, WI, Soil Science Society of America, 1996. p. 1085-1121. (Book series, 5.).

BRUM, S. S. Caracterização e modificação química de resíduos sólidos do beneficiamento do café para produções de novos materiais. 2007. 152f. Dissertação (Mestre em Agroquímica) – Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2007.

CANTARELLA, H. Nitrogênio. In: NOVAIS, R. F.; ALVAREZ, V. H. V.; BARROS, N. F.; FONTES, R. L. F.; CENTARUTTI, R. B.; NEVES, J. C. L, eds. Fertilidade do solo. Viçosa, Minas Gerais, 2007. p.375-470

CONAMA (2006). Conselho Nacional do Meio Ambiente. Definir critérios e procedimentos, para o uso agrícola de lodos de esgoto gerados em estações de tratamento de esgoto sanitário e seus produtos derivados, e dar outras providências. Resolução n.º 375, de 29 de agosto de 2006.

CONCEIÇÃO, J. C. P. R.; JUNIOR, R. G. E.; CONCEIÇÃO, P. H. Z. Cadeia agroindustrial do café no Brasil: Uma análise do período recente. Radar, n. 53, 2017. Disponível em: . Acesso em: 05 de maio de 2018.

COSTA, R. M. C.; FREIRE, J. L. O.; MACEDO, L. P. M.; SILVA, F. L. S.; BORGES, C. H. A. Manejo de culturas e equilíbrio trofobiótico no perímetro irrigado Cruzeta, RN. Agropecuária Cientifica no Semiárido, v. 11, n. 4, p. 72-86, 2015.

ECKHARDT, D. P.; REDIN, M.; JACQUES, R. J. S.; LORENSINI, F.; SANTOS, M. L. D.; WEILER, D. A.; ANTONIOLLI, Z. I. Mineralization and efficiency index of nitrogen in cattle manure fertilizers in the soil. Ciência Rural, Santa Maria, v. 46, n. 3, p. 472-477, 2016.

EPA. SW-846 Test Method 3051A: Microwave Assisted Acid Digestion of Sediments, Sludges, Soils, and Oils. Available at: https://www.epa.gov/ hw-sw846/sw-846-test-method-3051a-microwave-assisted-acid-digestionsediments-sludges-soils-and-oils. Accessed in August 20, 2018.

ESQUIVEL, P.; JIMÉNEZ, V. M. Functional properties of coffee and coffee by-products. Food Research International, v. 46, p. 488-495, 2012.

FIORINI, I. V. A.; PINHO, R. G. V.; PIRES, L. P. M.; SANTOS, A. O.; FIORINI, F. V. A.; CANCELLIER, L. L.; RESENDE, E. L. Avaliação de fontes de enxofre e das formas de micronutrientes revestindo o NPK na cultura do milho. Revista Brasileira de Milho e Sorgo, Brasil, v. 15, n. 1, p. 20-29, 2016.

FONTANA, A.; PEREIRA, M. G.; ANJOS, L. H. C.; SANTOS, A. C.; BERNINI, T. A. Matéria orgânica de horizontes superficiais em topolitossequências em ambiente de Mar de Morros, Pinheiral, RJ. Revista Ciência Agronômica, Fortaleza, v. 45, n. 2, p. 221-229, 2014.

HERMOSA, V. A. B. Aproveitamento de resíduos do processamento semi-seco do café para a produção de compostos de valor agregado. 2014. 77f. Dissertação (Mestre em Microbiologia Agrícola) – Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2014.

LIMA, L. K. S. Desenvolvimento do feijão caupi em função da utilização de resíduo da indústria do café como fonte de potássio. 2014. 81 p. Dissertação (Mestrado em Agronômia/Fitotecnia) - Universidade Federal do Ceará, Ceará, 2014.

LIMA, L. K. S.; SANTOS, C. C.; MOURA, M. C. F.; DUTRA, A. S.; FILHO, A. F. O. Utilização de resíduo oriundo da torrefação do café na agricultura em substituição a adubação convencional. Agropecuária Cientifica No Semiárido, Brasil, v. 10, n. 1, p. 14-19, 2014.

MARTINEZ, H. E. P.; CLEMENTE, J. M.; LACERDA, J. S. NEVES, Y. P.; PEDREOSA, A. W. Nutrição mineral do cafeeiro e qualidade da bebida. Revista Ceres, Viçosa, v. 61, p. 838-848, 2014.

MELO, L. C. A.; SILVA, C. A.; DIAS, B. O. Caracterização da matriz orgânica de resíduos de origens diversificadas. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Brasil, v. 32, p. 101-110, 2008.

MOURA, M. C. F. Resíduos da torrefação do café como fonte de potássio no cultivo do Girassol. 2016. 79 p. Tese (Doutorado em Agronômia)-Universidade Federal do Ceará, Ceará, 2016.

MULVANEY, R. L. (1996), Nitrogen – Inorganic forms. In: Method of soil analysis: chemical methods. Part 3. D. L. Sparks. Soil Science Society of America, Madison, 1996, p. 1123-1184.

MUSSATO, S. I.; MACHADO, E. M. S.; MARTINS, S.; TEIXEIRA, J. A. Production, composition, and aplication os coffee and its industrial residues. Food bioproess tecnology, New York, v. 4, n. 5, p. 661-672, 2011.

NELSON, D. W.; SUMMERS, L. E. Methods of Soil Analysis. Part 3. Chemical Methods. Soil Science Society of America Book Series n. 5, 1996, p. 961-1010.

PAIVA, E. C. R.; MATOS, A. T.; BARROS, R. T.; COSTA, T. D. R. Análise comparativa da adequação da relação C/N e do índice CT/COT como parâmetros da evolução da compostagem. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE GESTÃO AMBIENTAL, 6., 2013, Salvador, Anais eletrônicos...Salvador: Instituto Brasileiro de Estudos Ambientais, 2013. Disponível em: < http://www.ibeas.org.br/congresso/Trabalhos2013/II-004.pdf>.

PAULA, J. R.; MATOS, A. T.; PEREIRA, M. S.; ANDRADE, C. A. Mineralização do carbono e nitrogênio de resíduos aplicados o solo em campo. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Brasil, v. 37, p. 1729-1741, 2013.

RAIJ, B. VAN; ANDRADE, J.C.; CANTARELLA, H.; QUAGGIO, J.A. Análise química para avaliação de fertilidade de solos tropicais. Campinas: Instituto Agronômico de Campinas, 2001, 285p.

RODRIGUES, M. A.; BUZETTI, S.; FILHO, M. C. M. T.; GARCIA, C. M. P. ANDREOTTI, M. Adubação com KCl revestido na cultura do milho no Cerrado. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v. 18, n. 2, p. 127-133, 2014.

RONQUIM, C. C. Conceitos de fertilidade do solo e manejo adequado para as regiões tropicais, Campinas: Embrapa Monitoramento por Satélite, 2010. 30p. (Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, 8).

SANCHÉZ-MONEDERO, M. A.; ROIG, A.; CEGERRA, J.; BERNAL, M. P. Nitrogen transformation during organic waste composting by the Rutgers system and its effects on pH, EC and maturity of the composting mixtures. Bioresource Technology, V. 78, p. 301-308, 2001.

SANTOS, F. A.; QUIRÓZ, J. H.; COLODETTE, J. L.; FERNANDEZ, S. A.; GUIMARÃES, V. M.; REZENDE, S. T. Potencial da palha de cana-de-açúcar para produção de etanol. Química Nova, Brasil, v. 35, n. 5, p. 1004-1010, 2012.

SOARES, M. M.; BARDIVIESSO, D. M.; BARBOSA, W. F. S.; BARCELOS, M. N. Adubação de cobertura com enxofre na cultura da rúcula. Revista de Agricultura Neotropical, Cassilândia – MS, v. 4, n. 1, p. 49-52, 2017.




DOI: http://dx.doi.org/10.25186/cs.v14i1.1514

Refbacks

  • There are currently no refbacks.