Development and production of fertigated coffee trees in the west region of Bahia, Brazil

Marcelo Rossi Vicente, Everardo Chartuni Mantovani, André Luis Teixeira Fernandes, Julio Cesar Lima Neves, Santos Henrique Brant Dias, Edmilson Marques Figueredo

Resumo


The aim in the present study was to evaluate the effects of different split fertigation and doses on the development and production of drip irrigated coffee in the western region of the state of Bahia, Brazil. The study was performed at the Café do Rio Branco Farm, in Barreiras, BA, Brazil, in adult coffee trees aged approximately 3.5 years from the variety Catuaí IAC 144. A 3 x 3 factorial design was adopted, with three levels of nitrogen and potassium fertilization (900/800, 600/500 and 300/250 kg ha-1 year-1 N and K2O) in three monthly split fertigation (two, four and eight times). Stem and crown growth, productivity, yield and sieve were evaluated. The doses of 600/500 and 900/800 kg ha-1 year-1 N/K2O and the splits in two and eight times provided the highest productivities of coffee. A higher split fertigation was observed on the effect of N and K2O doses in coffee development variables (crown diameter and plant height). There was no effect of split fertigation and doses in the classification by sieves of coffee beans.

Palavras-chave


Coffea arabica L., irrigation, nitrogen, potassium.

Texto completo:

PDF (English)

Referências


ALLEN, R. G. et al. Crop evapotranspiration: guidelines for computing crop water requirements. Rome: FAO, 1998. 319 p. (Irrigation and Drainage Paper, 56).

BORTOLOTTO, R. P. et al. Nitrogen fertilizer (15N) leaching in a central pivot fertigated coffee crop. Revista Ceres, Viçosa, v. 59, n. 4, p. 466-475, 2012.

BRUNO, I. P. et al. Fertilizer nitrogen in fertigated coffee crop: absorption changes in plant compartments over time. Field Crops Research, Amsterdam, v. 124, n. 3, p. 369-377, 2011.

______. Nitrogen balance and fertigation use efficiency in a field coffee crop. Journal of Plant Nutrition, Philadelphia, v. 38, n. 13, p. 2055-2076, 2015.

COELHO, G. et al. Efeito de épocas de irrigação e de parcelamento de adubação sobre a produtividade do cafeeiro ‘Catuaí’.Ciência e Agrotecnologia,Lavras, v. 33, n. 1, p. 67-73, jan./fev. 2009.

CUSTÓDIO, A. A. de P.; GOMES, N. M.; LIMA, L. A. Efeito da irrigação sobre a classificação do café. Engenharia Agrícola, Jaboticabal, v. 27, n. 3, p. 391-701, 2007.

FERNANDES, A. L. T. et al. Avaliação do uso de fertilizantes organominerais e químicos na fertirrigação do cafeeiro irrigado por gotejamento. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v. 11, n. 2, p. 159-166, 2007.

GUERRA, A. F. et al. Sistema de produção de café irrigado: um novo enfoque.Irrigação & Tecnologia Moderna, Brasília, DF, v. 73, p. 52-61, 2007.

KARASAWA, S.; FARIA, M. A.; GUIMARÃES, R. J. Influência da irrigação e do parcelamento de fertirrigação sobre a produtividade, rendimento e qualidade do café (Coffea arabica L. cv. TOPÁZIO MG-1190). Ciência e Agrotecnologia, Lavras, p. 1427-1438, 2002. Edição especial.

LEITE JÚNIOR, M. C. R.; FARIA, M. A. Manejo da irrigação e da adubação do cafeeiro na sincronização do florescimento e na produtividade. Revista da Universidade Vale do Rio Verde, Três Corações, v. 14, n. 1, p. 505-518, 2016.

LIMA, L. C. et al. Crescimento e produtividade do cafeeiro irrigado, em função de diferentes fontes de nitrogênio. Coffee Science, Lavras, v. 11, n. 1, p. 97-107, 2016.

MANTOVANI, E. C. et al. Irrigação: princípios e métodos. Viçosa, MG: Ed. UFV, 2009. 355 p. MANTOVANI, E. C.; VICENTE, M. R. Manejo da Irrigação. In: SAKYIAMA, N. et al. (Ed.). Café arábica: do plantio à colheita. Viçosa, MG: Ed. UFV, 2015. p. 174-195.

NAZARENO, R. B. et al. Crescimento inicial do cafeeiro Rubi em resposta a doses de nitrogênio, fósforo e potássio e a regimes hídricos. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, DF, v. 38, n. 8, p. 903-910, ago. 2003.

PEREIRA, L. S. et al. Crop evapotranspiration estimation with FAO56: past and future. Agricultural Water Management, Amsterdam, v. 147, p. 4-20,

RENA, A. B.; NACIF, A. P.; GUIMARÃES, P. T. G. Fenologia, produtividade análise econômica do cafeeiro em cultivos com diferentes densidades de plantio e doses de fertilizantes. In: ZAMBOLIM, L. (Ed.). Produção integrada de café. Viçosa, MG: Ed. UFV, 2003. p. 133-196.

REZENDE, R. et al. Initial growth of two coffee cultivars in different hydric regimes and fertigation dosages. Engenharia Agrícola, Jaboticabal, v. 30, n. 3, p. 447-458, 2010.

SANT’ANA, J. A. do V. Índice de área foliar, coeficiente de cultura e produtividade de cafeeiro fertirrigado. 2015. 144 f. Tese (Recursos Hídricos em Sistemas Agrícolas)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2015.

SANTINATO, R. A nutrição em dobro do cafeeiro no Oeste da Bahia. In: Associação de Agricultores e Irrigantes do Oeste da Bahia. 5º anuário de pesquisa da cafeicultura irrigada do oeste da Bahia. Barreiras, 2005. p. 50-54.

SOBREIRA, F. M. et al. Adubação nitrogenada e potássica de cafeeiro fertirrigado na fase de formação, em plantio adensado.Pesquisa Agropecuária Brasileira,Brasília, DF, v. 46, n. 1, p. 9-16, jan. 2011.

VENANCIO, L. P.; CUNHA, F. F.; MANTOVANI, E. C. Demanda hídrica do cafeeiro conilon irrigado por diferentes sistemas de irrigação. Revista Brasileira de Agricultura Irrigada, Fortaleza, v. 10, n. 4, p. 767-776, 2016.

VILELLA, W. M. da C.; FARIA, M. A. de. Crescimento do cafeeiro submetido a diferentes cinco lâminas de irrigação e três parcelamentos de adubação. Irriga, Botucatu, v. 8, n. 2, p. 168-177, 2003.




DOI: http://dx.doi.org/10.25186/cs.v13i1.1383

Apontamentos

  • Não há apontamentos.