Alternative substrates in different containers for production of conilon coffee seedlings

Mário Euclides Pechara da Costa Jaeggi, Julio Cesar Gradice Saluci, Rogério Rangel Rodrigues, Geraldo de Amaral Gravina, Wallace Luis de Lima

Resumo


Different substrates and containers influence the production of coffee seedlings, which can reduce production costs, both with alternative substrates and with containers of smaller volumes of substrates. The aim the present study was to evaluate the viability of alternative substrates in different containers for production of Conilon coffee (Coffea canephora Pierre ex Froehner) seedlings in the nursery of the Federal Institute of Espírito Santo - Campus of Alegre, ES, Brazil. The experimental design was a randomized complete block design with three replications, in split-plot with three plots and four subplots. The plots consisted of three containers (120 cm³ tube, 280 cm³ tube and 615 cm³ bag), and the subplots of four substrates (S1 - Conventional, S2 - Legume compost, S3 - Grass compost, S4 - Vermicompost). At 165 days after sowing, the evaluated variables were shoot and root dry mass, number of leaves, shoot height, leaf area, Dickson quality index, shoot/root ratio, root length, nitrogen and total crude protein. The alternative substrates (Legume compost, Grass compost and Vermicompost) were efficient for production of Conilon coffee seedlings and can replace the conventional substrate at this development stage, providing good quality seedlings. The major developments were observed in the containers with the highest volume (280 cm³ tube and 615 cm³ bag) and reflected directly on the quality of seedlings.

Palavras-chave


Coffea canephora, development, alternative compost.

Texto completo:

PDF (English)

Referências


ALMEIDA S. L. S. et al. Adição de resíduos orgânicos ao substrato para produção de mudas de café em tubete. Revista Agrogeoambiental, Pouso Alegre, v. 3, n. 123, p. 9-13, 2011.

ALVES, J. D.; GUIMARÃES, R. J. Sintomas de desordens fisiológicas em cafeeiro. In: GUIMARÃES, R. J.; MENDES, A. N. G.; BALIZA, D. P. (Ed.). Semiologia do cafeeiro: sintomas de desordens nutricionais, fitossanitárias e fisiológicas. Lavras: Ed. UFLA, 2010. p. 169-215.

CALDEIRA, M. V. W. et al. Composto orgânico na produção de mudas de aroeira vermelha. Scientia Agraria, Curitiba, v. 9, n. 1, p. 27-33, 2008.

CARVALHO, G. R. et al. Normas e padrões para a comercialização de sementes e mudas de cafeeiros em Minas Gerais. Informe Agropecuário, Belo Horizonte, v. 29, n. 247, p. 24-30, 2008.

DARDENDO, M. C. J. D. et al. Crescimento e qualidade de mudas de café conilon produzidas em diferentes recipientes e níveis de sombreamento. Coffee Science, Lavras, v. 8, n. 4, p. 500-509, 2013.

DIAS, R. et al. Fontes e proporção de material orgânico para a produção de mudas de cafeeiro em tubetes. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 33, n. 3, p. 758-764, maio/jun. 2009.

DICKSON, A.; LEAF, A. L.; HOSNER, J. F. Quality appraisal of white spruce and white pine seedling stock in nurseries. Forest Chronicle, Mattawa, v. 36, p. 10-13, 1960.

FERRAZ, A. V.; ENGEL, V. L. Efeito do tamanho de tubetes na qualidade de mudas de jatobá (Hymenaea courbaril L. var. stilbocarpa (Hayne) Lee et Lang.), ipêamarelo (Tabebuia chrysotricha (Mart. ex DC.) Sandl.) e guarucaia (Parapiptadenia rígida (Benth.) Brenan). Revista Árvore, Viçosa, v. 35, n. 3, p. 413-423, 2011.

FERREIRA, D. F. Sisvar: a computer statistical analysis system. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 35, n. 6, p. 1039-1042, nov./dez. 2011.

FRANCISCO, G. S. et al. Substratos e recipientes na produção de mudas de mamoeiro ‘Sunrise Solo’. Revista Agrarian, Dourados, v. 3, n. 9, p. 267-274, 2010.

GOMES JÚNIOR, F. G.; SÁ, M. E. de. Proteína e qualidade de sementes de feijão (Phaseolus vulgaris L.) em função da adubação nitrogenada em plantio direto. Revista Brasileira de Sementes, Londrina, v. 32, n. 1, p. 34-44, 2010.

HENRIQUE, P. C. et al. Aspectos fisiológicos do desenvolvimento de mudas de café cultivadas sob telas de diferentes colorações. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, DF, v. 46, n. 5, p. 458-465, maio 2011.

HUNT, G. A. Effect of styroblock design and cooper treatment on morphology of conifer seedlings. In: TARGET SEEDLING SYMPOSIUM, MEETING OF THE WESTERN FOREST NURSER Y ASSOCIATIONS, GENERAL TECHNICHAL REPORT RM-200, 1990, Roseburg. Proceedings... Fort Collins: United States Department of Agriculture, Forest Service, 1990. p. 218-222.

MARANA, J. B. et al. Índices de qualidade e crescimento de mudas de café produzidas em tubetes. Ciência Rural, Santa Maria, v. 38, n. 1, p. 39-45, 2008.

MATIELLO, J. B. et al. Cultura do café no Brasil: novo manual de recomendações. Varginha: PROCAFÉ, 2005. 438 p.

NOGUEIRA, A. R. A.; SOUZA, G. B. Manual de laboratórios: solo, água, nutrição vegetal, nutrição animal e alimentos. São Carlos: Embrapa Pecuária Sudeste, 2005. 313 p.

PARTELLI, F. L. et al. Estimativa da área foliar do cafeeiro conilon a partir do comprimento da folha. Revista Ceres, Viçosa, v. 53, n. 306, p. 204-210, 2006.

PREZOTTI, L. C. et al. Manual de recomendação de calagem e adubação para o Estado do Espírito Santo: 5ª aproximação. Vitória: SEEA/Incaper/ Cedagro, 2007. 305 p.

SANTINATO, F. et al. Doses of phosphorus associated with nitrogen on development of coffee seedlings. Coffee Science, Lavras, v. 9, n. 3, p. 419-426, 2014.

SILVA, J. I. et al. Desenvolvimento de mudas de Coffea canephora PIERRE ex A. FROEHNER em diferentes combinações de substrato e recipiente. Coffee Science, Lavras, v. 5, n. 1, p. 38-48, 2010.

SOUZA, M. P. S. et al. A valorização do lixo orgânico no setor de agroecologia no Instituto Federal do Espírito Santo Campus de Alegre. Cadernos de Agroecologia, Porto Alegre, v. 8, p. 1-4, 2013.

TAIZ, L.; ZEIGER, E. Fisiologia vegetal. 5. ed. Porto Alegre: Artmed, 2013. 954 p.

TRAZZI, P. A. et al. Substratos de origem orgânica para produção de mudas de teca (Tectona grandis Linn. F.). Ciência Florestal, Santa Maria, v. 23, p. 401-409, 2013.

VALLONE, H. S. et al. Efeito de recipientes e substratos utilizados na produção de mudas de cafeeiro no desenvolvimento inicial em casa de vegetação, sob estresse hídrico. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 34, n. 2, p. 320-328, mar./abr. 2010.

______. Recipientes e substratos na produção de mudas e no desenvolvimento inicial de cafeeiros após o plantio. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 33, n. 5, p. 1327-1335, set./out. 2009.

VALLONE, H. S.; GUIMARÃES, R. J.; MENDES, A. N. G. Diferentes recipientes e substrato na produção de mudas de cafeeiros. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 34, n. 1, p. 55-60, jan./fev. 2010.




DOI: http://dx.doi.org/10.25186/cs.v13i1.1382

Apontamentos

  • Não há apontamentos.