Influência de fatores econômicos na oferta cafeeira do Estado de São Paulo

Adriano Ferreira de Moraes, Adriana Ferreira de Moraes-Oliveira, Lucas Eduardo de Oliveira Aparecido, José Reinaldo Silva Cabral Moraes, Silvia Martins de Moraes

Resumo


O café é uma das commodities agrícolas fundamentais para a economia brasileira e poucos estudos têm avaliado a influência das variáveis econômicas na oferta cafeeira. Assim, objetivou-se com este trabalho mensurar a influência que as variáveis econômicas promovem na variação da oferta do café arábica na região Nordeste do Estado de São Paulo. Foram utilizadas séries históricas de produção cafeeira e de variáveis econômicas do período de 2000-2015. As variáveis econômicas foram: crédito rural total, o crédito rural da agricultura, a área colhida de café, o valor adicionado na agropecuária, a participação da agropecuária no valor adicionado total, valor da produção do cafeeiro e valor adicionado fiscal dos municípios. Na modelagem utilizou-se de um modelo de regressão linear múltipla (RLM), sendo a oferta cafeeira a variável dependente e as variáveis econômicas as variáveis independentes. O modelo desenvolvido para estimar a oferta do cafeeiro em função das variáveis econômicas demonstrou elevada significância (p < 0,05). A evolução da oferta cafeeira é significativamente sensível às variações dos fatores econômicos. As variáveis econômicas com maior influência na variação da oferta cafeeira são a área colhida de café e o valor de produção do café.

Palavras-chave


Modelagem; crédito rural; econometria; Coffea arabica

Texto completo:

PDF

Referências


AMARASINGHE, U. A.; HOANH, C. T.; D’HAEZE, D.; HUNG, T. Q. 2015. Toward sustainable coffee production in Vietnam: More coffee with less water. Agricultural Systems. v.136, p.96–105, 2015.

AMARO, G. Análise econométrica da oferta e da demanda de banana no Estado de Roraima no período de 1995 a 2007. Comunicado Técnico (CPAF-RR), 2010.

ANDRADE, F. T.; CASTRO JUNIOR, L. G.; COSTA, C. H. G. Avaliação da cafeicultura pela abordagem do custeio variável em propriedades nas principais regiões produtoras do brasil. Organizações Rurais & Agroindustriais, Lavras, v.14, n. 3, p. 356-366, 2012.

APARECIDO, L. E. O.; ROLIM, G. S.; SOUZA, P. S. Sensitivity of newly transplanted coffee plants to climatic conditions at altitudes of Minas Gerais, Brazil. Australian Journal of Crop Science, Queensland, v. 9, n. 2, p. 160-167, 2015.

APARECIDO, L. E. O.; ROLIM, G. S.; LAMPARELLI, R. A. C.; SOUZA, P. S. SANTOS, E. R. Agrometeorological Models for Forecasting Coffee Yield. Agronomy Journal, v.108 , n.6, 2 016.

BACCHI, M. R. P.; CALDARELLI, C. E. Impactos socioeconômicos da expansão do setor sucroenergético no Estado de São Paulo, entre o período de 2005 e 2009. Nova economia. v.25, n.1. 2015.

BARBOSA, J. N.; BOREM, F. M.; CIRILLO, M. A.; MALTA, M. R.; ALVARENGA, A. A. Coffee quality and its interactions with environmental factors in Minas Gerais, Brazil. Journal of Agricultural Science, Alberta, v. 4, n. 5, p. 181-190, 2012.

BARICELO, L. G.; BACHA, C. J. C. Oferta e demanda de máquinas agrícolas no brasil. Revista de Política Agrícola, v.22, n.4, 2013.

BARROS, G. S. C.; SPOLADOR, H. F. S.; BACCHI, M. R. P. Supply and Demand Schocks and the Growth of the Bazilian Agriculture. Austrália. International Association of Agricultural Economists Conference, 2006.

BATISTA, L. A.; GUIMARAES, R. J.; PEREIRA, F. J.; CARVALHO, G. R. CASTRO, E. M. Anatomia foliar e potencial hídrico na tolerância de cultivares de café ao estresse hídrico. Revista Ciência Agronômica, v.41, n.3, p.475-481, 2010.

CHIPANSHI, A.; ZHANG, Y.; KOUADIO, L.; NEWLANDS, N.; DAVIDSON, A.; HILL, H.; WARREN, R.; QIAN, B.; DANESHFAR, B.; BEDARD, F.; REICHERT, G. Evaluation of the Integrated Canadian Crop Yield Forecaster (ICCYF) model for in-season prediction of crop yield across the Canadian agricultural landscape. Agricultural and Forest Meteorology. v.206, p.137–150. 2015.

GOURANGA, K; ASHWANI, K. Forecasting rainfed rice yield with biomass of early phenophases, peak intercepted PAR and ground based remotely sensed vegetation indices. Journal of Agrometeorology. v.16, p.94-103. 2014.

GUJARATI, D.N.; PORTER, D.C. Econometria básica. Porto Alegre, AMGH Editora Ltda, 2011.

KITZBERGER, C.S.G.; SCHOLZ, M.B.S.; PEREIRA, L.F.P.; VIEIRA, L.G.E.; SERA, T.; SILVA, J.B.G.D.; BENASSI, M.T. Diterpenes in green and roasted coffee of Coffea arabica cultivars growing in the same edapho-climatic conditions. J Food Compos Anal. v.30, p.52–57, 2013.

MANKIW, G. N. Introdução à Economia.1. ed., 3. reimpr. Thomson Learning: São Paulo, 2007.

PINDYCK, R. S.; RUBINFELD, D. L. Microeconomia. São Paulo: Makron Books, 1994.

PINTO, V.M.; REICHARDT, K.; DAM, J.V.; LIER, Q.J.V.; BRUNO, I.P.; DURIGON, A.; DOURADO-NETO, D.; BORTOLOTTO, R.P. Deep drainage modeling for a fertigated coffee plantation in the Brazilian savanna. Agricultural Water Management.v.148, p.130–140, 2015.

SANTOS, V. E.; GOMES, M. T. M.; GOMES, M. F. M. Estimativa da elasticidade-renda do consumo de café na região sudeste do brasil. Revista de Economia e Agronegócio, v.3, n.4, 2015.

WHITE, H. A heteroskedasticity-consistentcovariancematrixand a directtest for heteroskedasticity. Econometrica, v.48, p.817–838, 1980.

ZELBER-SAGI, S.; SALOMONE, F.; WEBB, M.; LOTAN, R.; YESHUA, H.; HALPERN, Z.; SHIBOLET, O. Coffee consumption and nonalcoholic fatty liver onset: a prospective study in the general population. Translational Research. v.165, p.428-436, 2015.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.