Uso excessivo de nitrogênio gera perda monetária para cafeicultores do cerrado baiano

Victor Meriguetti Pinto, Isabeli Pereira Bruno, Quirijn de Jong van Lier, Durval Dourado Neto, Klaus Reichardt

Resumo


Fertilizantes aplicados em excesso podem ser prejudiciais ao ambiente e encarecer os custos de produção agrícola de uma fazenda. Este estudo tem por objetivo estimar os dispêndios associados às perdas de nitrogênio (N) por lixiviação, volatilização e desnitrificação em um cafezal fertirrigado do Cerrado, e apresentar as vantagens econômicas da redução da quantidade de N no manejo de adubação para tal agroescossistema. Balanços de N simulados com os modelos SWAP e ANIMO foram obtidos para um cafezal simulado empregando-se as doses de 200, 300, 400 e 600 kg ha-1 ano-1 de N. Os investimentos anuais médios para produção do cafezal variaram de 36,1 a 65,3 mil reais por pivô, e os gastos com armazenamento de N no solo e serrapilheira foram de 13,6 a 85,3 mil reais. As perdas anuais médias com lixiviação por pivô foram de 7,5 a 25,4 mil reais, e com volatilização e desnitrificação somadas de 4,4 a 8,8 mil reais. A redução da dose de N para o cafezal do Cerrado de 600 kg ha-1 ano-1 de N para 400 kg ha-1 ano-1 de N, além de diminuir em 33% os gastos de aplicação de fertilizantes, sem reduzir a produtividade, reduziria em 46% as perdas por lixiviação e em 26% as perdas das emissões de compostos nitrogenados para a atmosfera.

Palavras-chave


Custos de produção; modelagem agro-hidrológica; perdas de nitrogênio; lixiviação; volatilização; desnitrificação

Texto completo:

PDF

Referências


AFRICA FERTILIZER. International Montlhy Average Prices for selected Fertilizer. 2015. Disponível em: . Acesso em: 20 de janeiro de 2016.

ALLEN, R.G. et al. Crop evapotranspiration: guidelines for computing crop water requirements. FAO Irrigation and Drainage Paper, Roma, v. 56, 1998. 300p.

ARGUS MEDIA. Argus FMB Fertilizantes Brasil. Indicadores de preços, análise e notícias. Edição 15-2. London, 2015.

ASSOCIAÇÃO NACIONAL PARA DIFUSÃO DE ADUBOS. Principais indicadores do setor de fertilizantes, 2015. Disponível em: . Acesso em: 23 de janeiro de 2016.

BORTOLOTTO, R.P. et al. Nitrate leaching through climatologic water balance in a fertigated coffee plantation. Revista Ceres, Viçosa, v. 60, p. 785-792, 2013 doi:10.1590/S0034-737X2013000600006

BRUNO, I.P. et al. Nitrogen balance and fertigation use efficiency in a field coffee crop. Journal of Plant Nutrition, Filadélfia, v. 38, n.13, p.2055-207, 2015. doi: 10.1080/01904167.2014.958168

BRUNO, I.P. et al. Fertilizer nitrogen in fertigated coffee crop: Absorption changes in plant compartments over time. Field Crops Research, Amsterdam, v.124, p. 369-377, 2011. doi:10.1016/j.fcr.2011.07.004

COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO. Custos de Produção – Culturas Permanentes: Café arábica_Serie_2003 a 2015. Brasília, 2015. Disponível em: . Acesso em: 23 de janeiro de 2016.

CRUCIANI, D. E. et al. Fertirrigação nitrogenada na cultura do feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.) por sistema de irrigação por aspersão. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v. 2, p. 63-67, 1998.

EVANGELISTA, A.W.P. et al. Viabilidade financeira da produção de café irrigado em regiões aptas ao cultivo não irrigado. Coffee Science, Lavras, v. 6, n. 2, p. 137-146, 2011.

SIMUNEK, J.; HOPMANS, J.W. Modeling compensated root water and nutrient uptake. Ecological Modelling, v. 220, p.505-521, 2009.

FENILLI et al. Volatilization of ammonia derived from fertilizer and its reabsorption by coffee plants. Communications in Soil Science and Plant Analysis, v. 38, p.1741-1751, 2007. doi:10.1080/00103620701435514

FERNANDES, E.H. Diagnóstico e propostas para a cadeira produtiva do café da Bahia. Secretaria da Agricultura, Irrigação e Reforma Agrária. Salvador: SEAGRI, 2011. 40p. Disponível em:

GROENENDIJK, et al. Performance assessment of nitrate leaching models for highly vulnerable soils used in low-input farming based on lysimeter data. Science of Total Environment, v. 499, p. 463–480, 2014. doi:10.1016/j.scitotenv.2014.07.002

KAUFMANN, V.; PINHEIRO, A.; CASTRO, N.M.R. Simulating transporto f nitrogen and phosphorus in a Cambisol after natural and simulated intense rainfall. Journal of Contaminant Hydrology, Amsterdam, v. 160, p. 53-64, 2014.

HAVLIN, J.L. et al. Soil fertility and fertilizers: an introduction to nutrient management. 7. ed. New Jersey: Pearson Prentice Hall, 2005. 515p.

LANNA, G.B.M., REIS, R.P. Influência da mecanização da colheita na viabilidade econômica-financeira da cafeicultura no sul de Minas Gerais. Coffee Science, Lavras, v. 7, n. 2, p. 110-121, 2012.

MUALEM, Y. A new model for predicting the hydraulic conductivity of unsaturated porous media. Water Resource Research, Washington, DC, v. 12, p. 513-522, 1976.

NETO, A.P. et al. Changes of nutritional status during a phenological cycle of coffee under high nitrogen supply by fertigation. Communications in Soil Science and Plant Analysis, v. 42, p. 2414-2425, 2011. doi:10.1080/00103624.2011.607731

PINTO, V.M. et al. Deep drainage modeling for a fertigated coffee plantation in the Brazilian savanna. Agricultural Water Management, v.148, p. 130-140, 2015. doi:10.1016/j.agwat.2014.09.029

PINTO, V.M. et al. Modeling nitrogen dynamics in a fertigated coffee plantation in the Brazilian Cerrado with ANIMO. Agriculture, Ecosystems and Environment, 2016. (Em impressão).

REIS, R.P.; RICHETTI, A.; LIMA, A.L.R. Eficiência econômica na cultura do café: um estudo no sul de Minas Gerais. Organizações Rurais e Agroindustriais, Lavras, v. 7, n. 1, p. 50-59, 2005.

ROLIM G.S.; SENTELHAS, P.C.; BARBIERI, V. Spreadshets in ExcelTM environment to calculation of water balance: normal, sequential, culture, and potential, real productivity. Revista Brasileira de Agrometeorologia, v. 6, p.133-137, 1998.

SILVA, J.M.; REIS, R.P. Custos de produção do café na região de Lavras - MG: Estudo de casos. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 25, n. 6, p.1287-1294, 2001.

VAN DAM et al. Advances of modeling water flow in variably saturated soils with SWAP. Vadoze Zone Journal, Madison, v. 7, p. 640-653,2008.

VAN GENUCHTEN M.TH. A closed form equation for predicting the hydraulic conductivity of unsaturated soils. Soil Science Society of America Journal, Madison, v. 44, p. 892-898, 1980.

THE WORLD BANK. GEM Commodities. Washington, 2015. Disponível em: < http://data.worldbank.org/data-catalog/commodity-price-data>. Acesso em: 23 de janeiro de 2016.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.